Última novidade - Fantástico - Biografias Eróticas

Última novidade - Fantástico

Não queria acreditar mas fiquei agradavelmente surpreendido. E depois de ler tudo, acabei irritado com essa gente da ordem dos nutricionistas de pretender censurar a opinião de um, mais um, livre pensador deste país.

A questão é que parece que um gajo nutricionista disse aí ao pessoal, até escreveu um livro "A dieta da meditação", que gajo que sofre de disfunção eréctil normalmente deixa crescer a barriga só para não ter que ver o pénis.

Não é invenção minha, está escrito no Observador, e se não fosse assim não acreditava, desafia toda e qualquer lógica, pelo menos a ocidental, e digo ocidental, porque o homem é também especialista em Desprogramação Biológica, Biodescodificação, Leitura de Aura, Reiki, Angeologia, Mahikari, Anjos de Belvaspata (wikipedia desconhece), e, foda-se !!!, até Banda Gástrica Imaginária.
Imagem de Ryan McGuire por Pixabay
Mas porra, se esses gajos não apontam o dedo aos gajos da paleolítica, dos da dieta da melancia, dos que só comem raízes, uma agora só com bagas goji, outros que não comem é nada, os da uma duas e três semanas, dos dez e vinte e um dias, da dos pontos, a citogénica, da detox, a liquida, a low carb, a proteica, uns só comem vaca, outros só galinhas, foda-se que há tanta merda e tinham logo que embirrar com o homem.

A ideia do gajo é bem simples, eh pá come o que quiseres, mas para emagrecer não te esqueças, medita, e sinceramente não percebo o que tem de diferente dos gajos que apregoam as outras dietas, os outros dizem para comer ou não comer isto ou aquilo, este não diz para comer nada, diz só para meditar na comida.

Ainda hoje comi um cozido à portuguesa, lá no meio com uma chouriça de Vinhais, e disse logo para mim, "não quero saber", vou seguir o gajo, vou comer e depois meditar.

E até me faz sentido, meditar é pensar, e isso queima calorias, mais até que correr, não percebo a ordem dos nutricionistas a quererem por-lhe um processo disciplinar, sempre achei que havendo mais opções, mais escolhas haverá, e nestas aqui, a de pensar e meditar, depois de enfardar, coisa cada vez menos habitual, revela até uma certa abertura refrescante e cosmopolita.

Mas quanto a isso tudo bem, já manifestei a minha indignação contra a ordem dos nutricionistas, mas enfim não posso deixar de estar em desacordo com o gajo sobre a história da barriga e da disfunção eréctil.

Primeiro, é um bocado chato, se um gajo tem barriga pode logo haver aqueles olhares de lado, a dizer "eh pá aquela merda será de cerveja, dos enchidos ou da disfunção eréctil?"

Segundo, não se percebe bem a coisa da barriga, um gajo pode nem ver o caralho, mas eh pá a maior parte da comunicação nem sequer é visual, olhos nos olhos, um gajo pode estar lá em cima, eh pá, e mesmo sem o ver, sabe que o caralho, enfim, está disfucionado.

Terceiro, a barriga só se podia compreender, enfim, para não ter aquela relação a dois, mais intima, de um gajo estar permanentemente a brincar com o caralho, "meu lindo para aqui, meu abono para acoli, etc", mas porra, deixar crescer a barriga?, uma espécie de divórcio, "não te quero ver mais", "não sobes, não levantas, então vamos aqui levantar esta muralha de gordura e de carne.

Eh pá, parece-me exagerado mas como estou perplexo ainda estou a meditar sobre o assunto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não deixe de comentar, o seu comentário será sempre bem vindo