São estas as fantasias sexuais mais comuns entre as mulheres? - Biografias Eróticas
Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseRussianSpanish

São estas as fantasias sexuais mais comuns entre as mulheres?

Foda-se que não há paciência!!! atenção, de preferência este post não é para ser lido, quem o fizer ficará tão confuso quanto eu. 

A verdade é que precisava de aumentar a minha cultura geral sobre matéria tão importante como as fantasias sexuais das mulheres para perceber se se justifica e já agora para saber se o homem sofre de mal semelhante, em que grau e quantidade, e acabei por descobrir que:

Primeiro: há muita gente a estudar o assunto para chegar à conclusão que as gajas têm montes de fantasias, algumas infundadas, outras pouco ou nada estudadas, e que me proponho aprofundar.

Segundo: os gajos não têm fantasia nenhuma e os que têm, ou não é com eles a foder, ou não se lembram de as ter, e os que se lembram, pensam que é fantasia e afinal não é.

Bom o melhor é ir direto à matéria: 

A) Definição de fantasia:

Vamos lá pensar um pouco, se um gajo e uma gaja têm fantasias a única coisa que me ocorre é que fantasia é qualquer coisa que não se faz, quer-se muito, mas m* é isso mesmo, só uma fantasia, ou seja, digamos que o ato projetado nunca ocorre, e, no limite, pode ser um caso de procrastinação crónica.

O gajo ou a gaja pode andar por aí a suspirar, "aii fantasio ir à cona à professora, aiii fantasiava levar no cu, aiii, aiii, e nada, a professora passa a sorrir e o gajo nada, o gajo passa a mexer nos tomates e a gaja nada.

A conclusão a retirar da definição de fantasia é pois só uma - a fantasia não serve para nada e pensando bem só dá chatice.

B) As circunstâncias contam?

Claro que contam, penso eu. 

Vamos lá a ver, por exemplo, uma gaja feiosa é mais suscetível de ter fantasias e, para mal dos nossos pecados, muitas vezes banais, e uma gaja boa, o diabo é que também tem fantasias, só que quer fantasias diferentes das feiosas, e quanto ao gajo que tem um membro pequeno, fantasia comer gajas boas, e o gajo do membro grande, enjoado, só fantasia que não o chateiem.

A ordem natural das coisas de outras fantasias não sexuais é que às vezes resolve as fantasias sexuais, sendo comum as gajas boas juntarem-se com gajos de membros pequenos (não sei porquê o gajo do membro pequeno ganha sempre mais dinheiro) e gajos de membros grandes com gajas feiosas que, também não sei porquê, se esforçam sempre mais.

A conclusão a retirar é que as fantasias mudam com as circunstâncias.

C) O ser da fantasia e o da memória:

Vendo bem, a fantasia é a antecipação da memória para aquelas gajas e gajos que decidem que uma desapareça para dar espaço à outra.

Uma gaja pode andar a fantasiar dar a cona ao vizinho tesudo, andar a vida toda nisso e a fantasia não passar disso mesmo, ou pode decidir encornar o marido, acabar com a fantasia e dar lugar a uma memória, melhor, talvez duas, a da foda com o vizinho e a de ter enganado o marido.

Photo by h heyerlein on Unsplash

Foda-se que a fantasia pode ser multiplicativa!!! e já agora uma desilusão!!! 

Pense-se no gajo que se anda a babar com as mamas grandes da vizinha, enquanto o marido da gaja está já farto delas, fantasia muito lambê-las, chupá-las, brincar com elas, e depois que consegue essa proeza, afinal são umas mamas normais, pior são grandes demais, foda-se que me ia engasgando, lá se foi a fantasia, entrou uma má memória. 

Pior, lá está a vizinha ali tão perto a lembrá-lo todos os dias das mamas dela.

D) As fantasias propriamente ditas e mal explicadas:

Não há aqui uma ordem de prioridade, há ao que parece umas quantias fantasias que revistas de gajas e pseudo estudiosos reuniram.

1. Falar mal durante a foda:

Ha ha ha ha ha , cum caralho, falar mal durante o sexo? verdade? Foda-se, é o que eu digo, "as circunstâncias contam" lembram-se, então porra isto ainda é uma fantasia para tantas mulheres? E para homens será? 

Ainda há homens que se esquecem de equilibrar a balança da rotina e não chamam puta, putinha, vaca, à mulher quando lhe estão a ir à cona? O modelo dos anos 50 de virar na caminha, espetar a mulher, toma lá, esvaziei os colhões, somos muitos felizes, ainda se aguenta? E não dizem "toma lá com este caralho", será possível fazer-se a coisa sem falar mal durante a foda? 

E se isto ainda for fantasia para uma gaja dos dias de hoje, então e para o homem? O homem para funcionar precisa de falar mal e ouvir a gaja a falar mal, "dá-me com esse caralho, seu cabrão, enterra-mo todo, fode-em toda", é por isso mesmo que os homens gostam tanto de putas, isto é absolutamente necessário, não é uma fantasia.

2.  Ir a um clube de strip-tease

Mas que porra de fantasia esta, não sou eu a inventar, são os pseudo-estudiosos que dizem que a maioria das gajas gostavam de ir a um clube de strip-tease, isto realmente é uma pouca vergonha, estes gajos perderem tempo com isto. 

Vamos lá a ver se isto é para levar a sério ou não, então há uma maioria de gajas que querem ir a um sitio onde algumas não têm fantasias nenhumas e é o seu local de trabalho?

A maioria dessas desgovernadas já se entregou às ladys nights para onde levam um policia ou um segurança para lhes mostrar o cu e os tomates para elas poderem gritar à vontade e sem sentimento de culpa, quando no fundo a verdadeira fantasia é quererem sentir-se putas, nem que seja por uma noite.

Porra que a putice é que é a verdadeira fantasia, viver uma vida certinha, sem experiências, sem sal, sem doce, naquele meio termo neutro, a existência a consumir-se, o só sonhar acordada.

Não a gaja quer mesmo agarrar-se ao varão, ser puta por uma noite, ou já agora por todas, com um desconhecido, saído do nevoeiro da vida, ir-lhe à cona e ao cu, e depois esquecê-lo, não como fantasia, mas como memória, boa ou má, que se foda.

Porque pior pior é não ter nenhuma!!!

Já para os gajos não é fantasia aplicável, boa parte deles passa a vida nos clubes, e os outros, fantasiam não é ir lá, fantasiam é que as mulheres não saibam que lá estão ou que vão a caminho.

3. Usar brinquedos sexuais com controle remoto

Porra que esta é demais, quem se lembraria disto? 

Já não chega só brinquedos sexuais analógicos, com baterias, nem produtos naturais como pepinos beringelas bananas, não, parece que há gajas que fantasiam ser comidas por controle remoto. 

Um gajo esperto já nem precisa de usar o caralho para satisfazer uma mulher, basta arranjar uma porra de plástico para lhe pôr na cona e depois por wireless carrega no botão para ela dar saltos e fazer "hummm", e no trabalho então, se não é produtiva, ou se for prá brincadeira com os colegas, é só carregar no botão e vê-la crescer.

Aqui tenho que dar o braço a torcer, se calhar é mesmo fantasia, porque os frutos e os brinquedos normais já é coisa normal e do passado, gajos e gajas têm boas memórias destas coisas.

Agora, isto é mais ou menos aplicável ao gajo, e fantasia só se for pro masoquista, esse é um candidato seguro, por ter o brinquedo a apertar-lhe o caralho, o anel constritor, a gaja carrega no botão e ele grita "ahhh, foda-se que essa doeu, tão bom tão bom".

4. Foder de olhos vendados

Esta é aquela que faz mais sentido, precisamente por isso, anula um sentido, o da visão, e é provável que isso cause maior prazer na gaja, porque na verdade não se desfoca na foda e concentra-se em si, só que é mais individualista, uma máquina de foder fazia bem o trabalho.

E também parece um pouco inútil, boa parte das gajas e gajos fecham os olhos quando estão a foder, por isso podem fantasiar de uma coisa que já sabem como será, há muito pouco desconhecido, e nenhum risco.

Para o gajo é mais uma questão prática, isto bem entendido algumas vezes, o gajo que fantasia foder gajas feiosas com um belo corpo, que as há muito e são sempre as melhores, muitas vezes diz "meto-lhe o saco na cabeça e depois vou-lhe à cona e ao cu".

5. Sentir romantismo na foda

Ha ha ha, esta é demais!!! E nem vale a pena falar muito, mas acontece sim.

As gajas fantasiam foder com o vizinho, fantasiam ser putas, brinquedos e tudo, falar mal, só que com os desgraçados de alguns maridos, querem que o gajo seja romântico. Quem é que vai perceber uma coisa destas? Meu amor pra aqui meu amor pra ali, mas olhinhos aqui e acolá, assim não dá mesmo.

6. Fazer sexo oral na foda

Aqui começamos a falar de coisas sérias. Há gajas por aí e já agora gajos que fantasiam em fazer sexo oral durante o ato e estou perplexo ainda não me recompus. Quando li que havia gajos que fantasiavam fazer sexo oral, ainda pensei que queriam mesmo fazer umas mamadas, mas foi sol de pouca dura.

Não, parece que elas fantasiam fazer umas mamadas e eles de pô-las a mamar, isto é inacreditável, então não sabem que a foda é isso?, que há mais buracos que o buraco propriamente dito? Isto ainda é uma fantasia?

7. Fazer sexo anal na foda

Bom bom gaja que fantasia levar no cu e não leva, é mesmo um caso perdido, ou não tem tido o acompanhamento devido, porque gajo que quer fazer sexo anal, só fantasia se for por querer ter uma experiência homossexual e querer que lhe vão ao cu.

É como o sexo oral, porque gaja que está fantasiando mamar e levar na peida, é mau sinal, é sinal de que não anda só a fantasiar, e já tem perspectiva de concretizar essa fantasia, não aguenta, é demasiado sofrimento, e gajo que vive com ela pode bem estar fodido.

Há muitas mais fantasias ao que parece, mas este estudo está em desenvolvimento e pode bem não ficar por aqui, como se viu as circunstâncias mudam e as fantasias progridem com o desenvolvimento, gajas e gajos a foder por controle remoto já se viu, mas também domésticas a bater punhetas na net, é todos os dias, e isto é só um exemplo ... outros capítulos virão ....

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não deixe de comentar, o seu comentário será sempre bem vindo