O JOGO DO MIND-SWING - As Dez Regras - Biografias Eróticas
Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseRussianSpanish

O JOGO DO MIND-SWING - As Dez Regras

O Jogo do Mind-Swing foi uma descoberta do acaso, como são aliás todas as grandes descobertas, podemos andar à procura e não encontramos, mas há um momento, aquele momento certo, em que tudo acontece, como água sobre pressão que depois jorra quando se liberta.

Mas registe-se, o JOGO MIND SWING nasceu da criação luminosa da brilhante equipa do Biografias Eróticas, mais ou menos o editor e a sua mulher.

AS 10 REGRAS DO MIND-SWING

1. O que é o jogo mind-swing?

O Jogo mind-swing é um jogo de memórias, em que um parceiro, amigo ou potencial companheiro, faz perguntas ao outro sobre:

a) um facto; ou
b) um dito.


2. Quem pode jogar?

Só pessoas com aptidão para o mind-swing. Podem jogar todos aqueles que se sintam descontraídos o suficiente para contar memórias ou expor os seus gostos, devendo estar previamente preparados para aceitar mesmo as respostas que não gostem

3. O questionado tem de dizer a verdade?

Não, o parceiro questionado pode responder com uma verdade ou uma mentira, contudo, é sempre obrigado a responder, sob pena de não ter aptidão para mind-swinging.

4. Como se joga?

Com um papel e lápis para apontar e dados de rolar para jogar, embora o editor sinta necessidade de desenvolver um conjunto de dados figurados próprios para este jogo. Cada parceiro lança os dados antes de cada pergunta e quem tem número maior tem direito a perguntar ou a passar.

5. O que é um facto mind-swing

O facto mind-swing que conta é o que normalmente tem aptidão para excitar e tem a ver com situações reais ou inventadas mas tem a ver com alguma coisa que aconteceu mesmo ou pode ter acontecido.

6. O que é um dito mind-swing

O dito mind-swing que conta é que normalmente também tem aptidão para excitar e tem a ver com alguma coisa que a pessoa gostaria ou não, que valoriza ou não, etc.

7. Como se fazem as perguntas?

As perguntas devem ser o mais especificas possível para que não tenham resposta interminável. As perguntas genéricas podem e devem ser recusadas pelo questionado dizendo "demasiado genérica, aceito mais especifica".

8. O parceiro pode-se recusar a responder?

O parceiro deve sempre responder com uma verdade ou uma mentira mas só ao que lhe foi perguntado. Se o parceiro pedir para desenvolver para além do que foi perguntado, o parceiro pode recusar-se dizendo "não cabe na pergunta".

9. Se o parceiro quiser saber mais?

Aí a pergunta inicial passa a ser tratado como "tema", o parceiro anota o tema no bloco de notas e pode em qualquer altura numa nova jogada de dados voltar ao tema a partir de onde ficou, fazendo nova pergunta, e assim sucessivamente.

10. No meio das perguntas os mind-swingers podem descontrair?

Podem e devem, o mind-swing não é uma corrida de obstáculos para saber ou descobrir tudo dos parceiros, é um prazer a dois ou mais, como se bebendo um vinho raro.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Não deixe de comentar, o seu comentário será sempre bem vindo